fbpx

Iluminação inteligente e internet das coisas: entenda essa relação!

Lâmpadas que podem ser controladas por um único sistema já são realidade no mercado de iluminação; e muito ainda está por vir!

Atualmente, muito se tem falado sobre a chamada “internet das coisas”, um dos conceitos básicos da Indústria 4.0. Resumidamente, este termo faz referência à conexão entre aparelhos que, originalmente, foram construídos para trabalharem de forma autônoma. Assim, geladeiras, fogões, micro-ondas e muitos outros aparelhos poderiam ser comandados por meio de um único aparelho – e essa conectividade inclui o funcionamento das lâmpadas, na chamada “iluminação inteligente”.

Esse tipo de tecnologia já é uma realidade! Empresas como Amazon, Apple e Google investiram recentemente em sistemas por meio dos quais é possível controlar as luzes de um ambiente a partir de smartphones via Bluetooth ou Wi-Fi. Dessa forma, é possível que as luminárias sejam apagadas à distância quando são esquecidas acesas.

Além disso, com os avanços cada vez maiores dessa solução, em pouco tempo, a iluminação inteligente também permitirá a regulação da intensidade das lâmpadas, sendo que o próprio sistema avaliará a necessidade de acordo com o cômodo por meio dos sensores da internet das coisas. Com isso, o controle do uso de energia será maior e, consequentemente, existirá maior economia.

Algo mais próximo à nossa realidade já acontece com as luminárias que detectam movimento e acendem apenas quando reconhecem que existem pessoas no ambiente. Isso também ajuda na segurança, uma vez que as invasões são reconhecidas mais facilmente. Essa aplicação da tecnologia também está sendo pensada para ser usada em projetos de iluminação pública, diminuindo os gastos com energia nas ruas.

Ademais, é importante ressaltar a importância das lâmpadas LED nesse contexto. Duráveis, eficientes e econômicas, elas aumentam o tempo de vida de todo o sistema. No futuro, também é previsto que essas luminárias passarão a substituir os roteadores e transmitir dados por meio da luz em alta velocidade, favorecendo a conectividade da internet das coisas.

Fonte: Blog Weg

 

Entre em contato conosco

VOLTAR AO TOPO